quinta-feira, 31 de maio de 2012

APÓS [MAIS] UM HIATO.........

Ouvindo: Black Label Society, Stronger Than Death, de 2000

Depois de um certo hiato de posts, eis que o de hoje é sobre o primeiro dia do IV Fórum de Línguas da Faculdade de Letras Estrangeiras Modernas.
Deu a doida e acabei mandando dois trabalhos, um sobre introdução à história viking e o mesmo que apresentei na V Semana de Física Prof. Maria Bassalo (ver Vitória http://mundodoeuvadio.blogspot.com.br/2012/04/vitoria.html)Winnacker e Wirtz explicam: como Herym dividiu o átomo – e vou apresentar, junto ao Quando as animações imitam o real: Mermaid, de Osamu Tezuka, e a repressão à produção cultural durante o Regime Militar Brasileiro (sim, o mesmo que apresentei com Paloma no EPEL-2012 [ver O Fim do Mundo É Agora: EPEL-2012 http://mundodoeuvadio.blogspot.com.br/2012/02/o-fim-do-mundo-e-agora-epel-2012.html]), no XXIII Fórum Acadêmico de Letras, que acontecerá de 7 a 9 de junho de 2012 no campus Belém da UFPA. [nota: eu já tinha falado que estes dois haviam sido aprovados a tal evento na segunda parte de A Terça-Feira! [opereta em duas partes], de 08.04.2012].
(ah, é! a apresentação foi legal, mas poderia ter sido beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem melhor! PROMETO NÃO REPETIR TAIS FAILS NO FALE!)



Aos dois que apresentaram trabalho na mesma sala que eu hoje: Iris de Fátima Lima Barbosa e seu “El Insecto”: a metáfora do erotismo no poema de Pablo Neruda e Marco Felipe de Oliveira Peixoto, com seu “A Metamorfose” de Kafka: a desconhecida obra expressionista percussora do cinema de terror e Noir
Obrigado pela foto, Cassiane!



(saquem só o NAIPE deste “trio ternura” “trabalhando” hoje de manhã na CO do no Fórum de Línguas da FALEM: eu, Tatiane e Leandro!)



Amanhã: Introdução á História Viking em Os caminhos das runas: os últimos homens do Norte!!!!
Vamos ao encontro do mais forte!!!!!





E pra terminar:
“FELIZ ANIVERSÁRIO!!!” e “MUITOS ANOS DE VIDA!!!!” ao brother MAURÍCIO SOUZA, lá da FIBRA!!!!


Inté!

sexta-feira, 18 de maio de 2012

VITÓRIA DA SEMANA!

Ouvindo: Inocentes, Adeus Carne, de 1987

Eu achei que não fosse conseguir!
Eu nem ia fazer essa porra de trabalho de EA (Ensino & Aprendizagem), de Frau Steffen!
Mas como vale nota que vai DIRETAMENTE pro conceito, eu TIVE que fazer e nem fiz de ontem pra hoje – fiz HOJE, no ônibus, vindo pra UF, digitei aqui mesmo, imprimi tanto o artigo quanto os handouts aqui mesmo e dei meu jeito.
Demorou mas consegui terminar e apresentar.... e conseguir aquele EXCELENTE com gosto!

E eu nem tive que embromar pra conseguir!


Mãe, essa é pra Senhora!




Agora deixa eu ir pra casa! PENSEM NUMA FOME E VONTADE DE DORMIR!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

VITÓRIA DO BARBUDO!

“Voices of victory all shout and proclaim
The kingdom of glory is mine”

– Manowar, “King of Kings”, do álbum Gods of War, de 2007

Eu tinha esquecido de dizer no post da SAEL que dia 31.05 e 01.06 de 2012 vai rolar o IV Fórum de Línguas da Faculdade de Letras Estrangeiras Modernas (pra quem não lê este blog com regularidade, esta é a faculdade a qual minha graduação está vinculada).
E, pra compensar não ter apresentado nada na SAEL, eis que dois trabalhos meus são aprovados no referido evento!
(E eu nem ia mandar nada, ó, achando que somente trabalhos relacionados a Ensino & Aprendizagem eram aceitos! RÁ!)


Pois bem! São eles...........

WINNACKER E WIRTZ EXPLICAM: COMO HEYM DIVIDIU O ATÓMO

Antes dos Estados Unidos e logo após os cientistas alemães Otto Hahn (1879-1968), Fritz Straßmann (1902-1980) e Lise Meitner (1878-1968) terem dividido o átomo de urânio através do processo conhecido como fissão nuclear, o Deutsches Reich – o então Império Alemão, predecessor do que hoje conhecemos como a República Federativa da Alemanha –, na década de 1940, já começava a desenvolver o primeiro Programa Nuclear que se tem história. E, a partir de então, nem a tecnologia de produção energética nem as artes nunca mais seriam as mesmas. A partir da análise do conto Meu Irmão Louco, escrito por Stefan Heym (pseudônimo do escritor alemão de ascendência judaica Helmut Flieg [1913-2001]), em 1960, utilizando a obra O milagre incompreendido – energia nuclear na Alemanha, de 1975, dos físicos Karl Winnacker (1903-1989) e Karl Wirtz (1910-1994), esta comunicação analisará alguma das conseqüências deste projeto tecnológico, afetando não somente a classe cientifica do período mas inclusive a literatura, o cinema e a música.


Palavras-chave: História, Intertexualidade, Literatura, Alemanha.

####################

OS CAMINHOS DAS RUNAS: OS ÚLTIMOS HOMENS DO NORTE

Então quem e o que foram os Vikings? Povos germânicos oriundos da Escandinávia durante a pré-Idade Média e que, atualmente, formam as populações nativas dos países conhecidos no tempo presente como Noruega, Islândia, Suécia, Dinamarca e Finlândia. Intrépidos guerreiros apegados a terra e a família e as tradições, hábeis navegadores amantes de aventuras, terríveis corsários que espalharam o terror por todo o continente europeu, comerciantes que levaram sua cerâmica a povos distantes, ritualistas devotados a divindades e crenças habilmente derrotadas pelo cristianismo, os primeiros europeus que pisaram no continente americano.
Sendo assim, este trabalho tem três objetivos: apresentar uma breve introdução sobre os últimos povos pagãos da Europa na Idade Média, sua história – como a invasão e colonização das Ilhas Britânicas e consequente influência no idioma inglês –, cultura, sociedade e mitologia; tratar da arte viking e suas representações atuais, incluindo a transposição para outras mídias como o cinema, a literatura, música e até mesmo videogames e revistas de histórias em quadrinhos; e, por fim. esclarecer alguns equívocos criados e transmitidos ao correr da História – como os elmos com chifres ou asas – e particularidades curiosas, como o comércio como povos de terras distantes às suas, como os árabes.

Palavras-chave: História, Cultura, Europa, Interdisciplinaridade.




Agora é ferro na boneca e mandar ver nos trabalhos e nos artigos!
 



Bis zu dem breakin fuckin neuen Post!

domingo, 13 de maio de 2012

SOBRE O SHOW DE ONTEM!

Não consegui reaver o ingresso, mas “ulha” o que peguei pra compensar:


Só quero saber quem vai ser o/a chifrudo/a que vai dizer/afirmar que não fui depois dessa!



Agora: voltar a dormir (só entrei pra postar isso mesmo!)!



Inté!!!

sábado, 12 de maio de 2012

FESTA DO DIA: GAROTOS PODRES!

 “– Oi, tudo bem?
– Tudo Bem. Fora o tédio que me consome, todas as 24 horas do dia, fora a decepção de ontem a decepção de hoje, e a desesperança crônica no amanhã, tenho vontade de chorar, raiva de não poder, quero gritar até ficar rouco, quero gritar até ficar louco, isso sem contar com a ânsia de vômito, reação a tal pergunta idiota. Fora tudo isso, tudo bem.”

– Garotos Podres, “Oi, Tudo Bem?”, do álbum Canções Para Ninar, de 1993

E HOJE TEM GAROTOS PODRES EM BELÉM!

E,FINALMENTE, EU VOU!

RÁ!





Até mais, negada!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

QUASE NO FIM: II SAEL

(p.s.: ‘tô fazendo este post hoje porque amanhã tem a 1ª formatura de Letras deste ano e, com certeza e só pra variar, vou emendar pra algum 0800 de lá!)

Ouvindo: Fear Factory, Demanufacture, de 1995

E eis que hoje é o PENÚLTIMO dia da II Semana Acadêmica de Estudantes de Letras (SAEL) da Universidade do Estado do Pará (UEPA), que aconteceu no Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE). O PRIMEIRO evento acadêmico que participo que não apresento trabalho desde 2009.


Fiquei puto por não ter tido trabalho aceito? Fiquei. Isso me tira o sono? Definitivamente, não. Ainda mais que conheci muita gente bacana (Ednê, Cleyson, Ruan, Caroline e Raquel Minervino [este sobrenome é muito do caralho!] – estou falando com vocês) e as palestras e o mini-curso (Brena e Lívia, me acreditem, vocês mandaram muitíssimo bem pra caralho!) e o Grupo de discussão sobre Cult x Popular (Paloma, ‘cê se saiu muito melhor do que você mesma esperava – “Salvas!” e “Hurras!” a você, menina linda!) que participei foram tremandamente edificantes e relevantes.

Paola (porra, QUANTO TEMPO, né?!? precisamos conversar assim mais vezes!), Paloma, Kaius, Marcelo, Karen (porra, QUANTO TEMPO, né?!?²), Annie, Neto e Tiago – foi REALMENTE ÓTIMO rever vocês! Ainda mais em vossa casa!


Renatavaleu pela companhia!

Kaius e Anniemuitíssimo obrigado pelo elmo!
(foto tirada no Centro Acadêmico de Letras Eneida de MoraesCALEM-UEPA)

VOCÊS SÃO FODA!!!!!











Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, e não é que fuçando a biblioteca do CCSE, não acabei achando o Letras Germânicas, do Anatol Rosenfeld, de 1993 (eu falei de tal em livro em Literatura Germânica com Açaí e Farinha, de 25 de outubro de 2009)?!? Obviamente, providenciei uma cópia pra mim, né? HAH! UHU!


E, Sue, eu não esqueci de ti: o almoço na tua casa tava realmente ótimo!
E PARABÉNS PELA APROVAÇÃO NA FUNPAPA, SUA CARALHA!!!!





Inté!

terça-feira, 1 de maio de 2012

PRIMEIRO DE MAIO!


Ouvindo: Motorocker, Igreja Universal do Rock and Roll, de 2006.

“Alguém deve pagar por esse conhecimento. Alguém deve continuar a ser punido, porque alguns crimes são tão cruéis e imperdoáveis que a pena deve ser executada continuamente.”
– Bruce Banner, “Hulk: O Último Titã”, roteiro do Peter David.

Hail, Hail!

E então a Íse vem e me pergunta porque eu não tenho postado aqui com a freqüência de antes. Não somente ela, mas muita gente também. O grande porém não é que tô muito sem idéias, é que 'tô muito sem paciência mesmo. As coisas têm acontecido e eu 'tô cada vez sem menos saco pra registrar. Vão por mim, o que não me falta é coisa pra ler (principalmente pro TCC [aquela biografia do Led obviamente não inclusa, agora que tô conseguindo à página 300]). Ai 'cês já viram como fica minha vontade de postar alguma coisa por aqui. Fora os textos que ainda tenho que escrever pras matérias que tô fazendo mais uns que me pediram por fora.
Ah, mas foda-se. Dá pra fazer tudo isso? Dá. Foda-se, vamos lá.

EI! EI! EI!

SÓ PRA NÃO ESQUECER!
UM

“FELIZ ANIVERSÁRIO!!!” e “MUITAS FARRAS NA VIDA!!!” pros meus Irmãos-Lobos de ontem, hoje e sempre: JOSÉ RAFAEL PIMENTEL BARATA, a.k.a “Frauda”, que fez aniversário quinta última, RODRIGO CRISTIANO ALVES SARMENTO, a.k.a “Cris”, e REGINALDO SILVA SANTANA, a.k.a. “Guaxe”, que fizeram aniversário sexta!

DOIS
Neutão, amigo e irmão, vos sou MUITÍSSIMO AGRADECIDÍSSMO pelo chá de frauda de vossa primogênita que está a caminho. Eu tava precisando mesmo ver os amigos e sair pra algum lugar QUE NÃO FOSSE a UFPA e nem o NPI! Espero que o mijo seja uma festa NÍVEL HULK!!!!
Estaremos todos lá!!!

TRÊS
E, falando no Hulk, li com o maior prazer do mundo:

Hulk: O Último Titã. Roteiro do Peter David (na moral e na MINHA opinião, o MELHOR roteirista do Hulk de todos os tempos!), desenhos de Dale Keown (que já trabalhou com o David no Hulk, mas fazia desenhos muuuuuuuuuuuito melhores) arte-final de Joe Weems & Livesay, com cores de Dan Kemp e Avalon Studios; traduzida/adaptada para o português brasileiro por Marcelo Soares e Fernando Lopes com letras de Giselle Tavares e Estúdio Comicraft. Esta é uma história muito fuderosa da porra (apesar da arte não ser estas maravilhas, lembrando em parte aquela cagalhada da Image dos anos '90, muito antes de clássicos como I Kill Giants) que foi publicada no Brasil em idos de 2003 pela Panini na extinta Hulk & Demolidor. Apesar de poder ser lida por qualquer iniciante nas histórias do Gigante Esmeralda, deve-se observada que tem que conhecer BEM a cronologia de tal personagem para pegar todas as nuances da história, além de conhecer BEM sobre o Universo 616 da Marvel para os demais detalhes.
Neutão, assim que der, eu te passo!



 Lendo agora:
Hulk Esmaga. Mini em 2 edições que também saiu pela Panini (acho que foi na mesma revista acima citada). Produzida pela super dupla dinâmica radical Garth Ennis, no roteiro, e John McCrea, nos desenhos, com uma mãozinha superespecial que dispensa apresentações de Klaus Janson, além da colorização de Chris Sotomayor.
 
Onde baixei? No Scanmaniacs, oras! Baixe a sua clicando AQUI!



Por ora, é somente isso!



Bis zu dem breakin fuckin neuen Post!